We use our own and third-party cookies to improve browsing and provide content of interest.

In continuing we understand that you accept our Cookies Policy. You can modify the cookies storage options in your browser. Learn more

I understand

Artigos destacados

Como evitar penalizações na fatura elétrica (indústria e serviços)

ligado .

Se tem uma empresa, é claro que uma das coisas que o preocupam é a fatura elétrica. É claro que também ouviu falar da energia reativa e de como pode afetar o custo final da fatura. Mas, o que é exatamente este tipo de energia?

O que é a energia reativa

A chamada energia reativa é a energia elétrica que certos dispositivos elétricos e equipamentos absorvem da rede e a devolvem sem a utilizar. Portanto, não supõe um verdadeiro consumo ainda que às distribuidoras de eletricidade custe gerá-la e transportá-la, pelo que se pode ver refletido na fatura, especialmente quando esta energia supõe uma percentagem alta de consumo.

Os equipamentos que mais exigem este tipo de energia são os que geram um campo magnético para funcionar e, ainda que numa casa possa acontecer que apenas se verifique o consumo da energia reativa, numa empresa pode converter-se num gasto importante e numa dor de cabeça em algumas ocasiões.

Desta forma, existem medidas que pode tomar para diminuir as penalizações por culpa da energia reativa que exigem os equipamentos que tem instalados e corrigir o denominado fator de potência. Este fator mede a relação entre a potência ativa (a potência real de trabalho) e a potência total que foi consumida, ou potência aparente. O seu valor será 1 ou menor e representa a eficiência real do consumo elétrico. O valor ideal, portanto, do fator de potência é 1, o qual implicaria um melhor aproveitamento de energia.

  


Os equipamentos que mais exigem este tipo de energia
são os que geram um campo magnético para funcionar

 

Como reduzir a energia reativa para diminuir o custo da fatura

Assim, as medidas que se podem colocar em marcha terão como objetivo aproximar o máximo possível o valor do fator de potência de 1. Uma das opções que terá de ter em conta, se ainda assim não dispuser delas, é a instalação de uma bateria de condensadores que é composta, principalmente, por um regulador, contatores e condensadores.

Para além disso, é necessário avaliar a presença de harmónicos na instalação e instalar um filtro de harmónicos se for necessário. Estes elementos são gerados como consequência de uma distorsão da corrente elétrica que provocam certos equipamentos eletrónicos. O problema surge quando a ressonância que podem gerar acaba por ocasionar danos na instalação como sobreaquecimentos ou degradações do sistema.

Em qualquer caso, é necessário realizar um estudo minucioso da instalação elétrica e reparar os possíveis danos que existam, especialmente nos condensadores. Para tal, deve contar com um profissional que possa prestar assessoria sobre quais as melhores opções para a sua instalação.

Definitivamente, a energia reativa pode supor um gasto importante na fatura da luz numa empresa e é fundamental reduzir esse tipo de consumo para poder poupar custos desnecessários. Sendo que se desejar que um profissional se ocupe da revisão e da instalação e o ajuda a reduzir a sua fatura elétrica, pode contactar connosco. Os nossos especialistas responderão às suas dúvidas e questões com todo o prazer.

circutor32x32

Contacto

CIRCUTOR, SA
Vial Sant Jordi s/n, 08232
Viladecavalls (Barcelona) Spain
Tel: (+34) 93 745 29 00
Fax (+34) 93 745 29 14

Serviço de Assistência Técnica

(+34) 93 745 29 19

SAT